Notícias
O que deve saber sobre o mercado imobiliário
Notícias
Voltar \ Um antigo celeiro transformado numa casa com um interior incrível

Um antigo celeiro transformado numa casa com um interior incrível

22 mar 2021
Um antigo celeiro transformado numa casa com um interior incrível
O projeto do estúdio de arquitetura Turner Works, em Inglaterra.

O estúdio de arquitetura Turner Works converteu um dos típicos celeiros do interior de Inglaterra numa bela casa de férias moderna e espaçosa de 275m2 chamada DUT18. O projeto valoriza a forma pura e as qualidades industriais da estrutura do complexo existente com uma intervenção arquitetónica baseada na simplicidade e no minimalismo que se realiza desde a escala do terreno em geral, até aos mais pequenos detalhes.

Foi originalmente concebida para facilitar “escapadelas criativas” para a equipa do estúdio Accept & Proceed, com sede em Londres. No entanto, também pode ser arrendada por famílias e grupos para desfrutar da natureza e da tranquilidade da região, a preços que variam entre 1.800 libras para uma estadia de fim de semana e 2.500 libras para uma semana inteira.

“A Laura e eu criámos o DUT18 para reunir duas partes da vida que raramente se misturam: a pausa elegante do design minimalista e o pulso confuso e pagão da adoração da natureza”, diz David Johnston, fundador da Accept & Proceed, que trabalhou em colaboração com a Turner Works.

Do lado de fora, o celeiro foi envolto em aço corrugado, o que ajuda a transmitir uma sensação de ritmo e textura aos seus 23 metros de altura e teto curvo. Este novo revestimento perfilado de aço, em preto mate, unifica a fachada e o telhado, simplificando o volume geral e reduzindo a aparência do celeiro à sua forma mais pura quando visto à distância.

As aberturas da fachada foram posicionadas e dimensionadas para responder à nova utilização do celeiro como espaço habitacional, conferindo ao edifício global uma dimensão humana. Onde as aberturas originais acomodavam grandes veículos agrícolas, agora elas enquadram cuidadosamente as vistas das colinas e do campo.

No interior, o alojamento está distribuído por dois andares. No andar térreo, o layout cria um grande espaço aberto dividido numa sequência de áreas para brincar, cozinhar, comer e viver. Há sete quartos no total, seis dos quais estão localizados no andar de cima para aproveitar ao máximo as vistas elevadas dos arredores pitorescos.


Veja Também